A partitura de 4’33”

Pra quem não conhece, eis a aparentemente segunda edição da partitura de 4’33”. Ela é uma versão após a primière da peça, em 1952, Woodstock, New York:

http://www.medienkunstnetz.de/works/4-33/

Tem também ali uma descrição formidável da première, pelo próprio Cage:

As pessoas começaram a cochichar umas com as outras, e algumas foram embora. Eles não deram risada — eles somente se irritaram quando se deram conta de que nada iria acontecer, e eles não se esqueceram disso 30 anos depois: eles ainda estão irritados. [tradução minha] (source: Cage conversation with Michael John White (1982), in Kostelanetz 1988, 66, in: Solomon, Larry J.: The Sounds of Silence, in: http://www.azstarnet.com/~solo/4min33se.htm)

Dica para fichar livros

Sempre é um verdadeiro saco fichar livros, especialmente porque eles não param abertos por conta própria. Ao fichá-los, normalmente o seguramos com outros livros, prendendo embaixo do monitor do computador, ou até segurando numa mão só, e digitando com a outra.

Mas se você for músico ou tem um estande como o da foto em casa, não precisa mais se preocupar. o melhor é que ele fica no mesmo ângulo de leitura que o monitor.

Eu até recomendo comprar, pois sai mais barato que pagar por um tratamento de coluna.