Não comece uma banda!

Essa é a proposta da galera do VideoSongsBlog. No post, eles sugerem que uma alternativa para quem tem dificuldades de sustentar uma banda seja produzir vídeos musicais em que os músicos se reúnem virtualmente. Leia a matéria em inglês aqui.

Penso que já não seja uma novidade pra quem curte vídeos amadores da web, pois já é recorrente a composição de músicas através do método VideoSong. Curioso? Clique aqui.

Mas trata-se do seguinte: com um bom software de edição de áudio multipista (Cubase ou ProTools) e outro de vídeo (Final Cut ou Première), é possível gravar uma canção com pessoas dos quatro cantos do mundo! E nem é tão complicado assim. Tem vários métodos, eu sugiro um bem simples:

1) Grave-se em vídeo fazendo uma versão “suja” de uma canção, tipo voz e violão. Use um metrônomo durante a gravação e deixe-o evidente no som. Se possível, grave o áudio com uma placa de áudio profissional. Importe esse áudio para o editor de vídeo e sincronize.

2) Mande esse arquivo de vídeo para amigos que toquem instrumentos diferentes. Aí o baterista da Malásia grava seu vídeo, o baixista de Kuala Lampur o seu, o ukulelelista de Oklahoma o seu. Eles farão que nem você fez no passo 1, mas ouvindo a sua gravação.

3) Peça que seus amiguinhos enviem seus vídeos.

4) coloque todos os vídeos sobrepostos em camadas no editor de vídeo.

5) Como você usou um metrônomo, bastará sincronizar um por um a partir da versão suja que você fe no passo um.

6) Exporte, publique e torça para que o YouTube lhe convide a inserir publicidade no seu vídeo. Somos foda!

Anúncios

2 respostas em “Não comece uma banda!

  1. Thanks a lot for the trackback 🙂

    Quick little advice: if you can, try to record the drums first because it is easier to lay guitar or bass tracks on a drum track than the opposite. Otherwise, plan to re-record the other instruments when the drum is done. Beacause even if you record all tracks with a metronome there is a tiny chance than the drum might be not totally sync (unless your drummer is a robot ). when we did a collab with my friends we didn’t think to do it, which earned to the one who did the audio mix to spend few hours tearing his hair out in front of Cubase.

    • Cool, a reply from VideoSongBlog creators! I’ll translate it:

      Que legal, um retorno da galera do VideoSongBlog! Vou traduzir pra galera:

      Uma pequena recomendação: se possível, tente gravar a bateria primeiro, pois fica mais fácil de gravar a guitarra e o baixo por cima dela do que o oposto. Ou então, planeje regravar os outros instrumentos quando a bateria estiver pronta. Pois mesmo se você gravar todas as faixas com um metrônomo pode haver uma pequena chance da bateria não ficar 100% sincronizada (a não ser que o baterista seja um robô). Quando fizemos um collab com amigos não pensamos nisso, o que resultou num trabalho enorme de ressincronização para o cara que editou tudo no Cubase.

      (Agora que me dei conta: google traductor serve pra quê, Marcelo? :P)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s