Problematizando a imagem-música

Deleuze, doidão francês que viajava com a droga dos outros.

Hoje tive um dia iluminado. Eu vinha com uma certa dificuldade em escolher os vídeos para compor o corpus. A lista beirou os 40 vídeos e o meu orientador, o Alexandre, não curtiu muito. Mas daí eu me dei conta: o que eu quero estudar mesmo é o conceito de imagem-música, problematizá-lo, fazer com que ele sirva e dê conta das manifestações desconstrutivas dos modelos vigentes de canção popular e música em audiovisuais.

Então eis meu novo objeto de pesquisa: a imagem-música propriamente. Assim posso discuti-la em vários vídeos, passeandopor eles (flaneur feelings).

Vai ser mais ou menos como o Deleuze propôs os conceitos de imagem-movimento e imagem-tempo. Então isso reitera meu interesse por teorias, aproximação com a filosofia.

[…]

– Esta sexta vai rolar o segundo seminário com o Gabriel Saikoski. Vamos falar de Zen Budismo, John Cage, Hipsters e Beatniks.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s